FORGOT YOUR DETAILS?

CREATE ACCOUNT

NEW!

Rapé Indígena Shanenawa de Samauma

R$39,00

Compre este produto e ganhe 39 Pontos

36 em estoque

Calcule o prazo e valor do frete deste produto

SKU: RapeSam20g Categoria:

Descrição

Rapé original da comunidade Shanenawa da Amazônia. Foi feito pelos índios de verdade.

Da Terra Indígena da Aldeia Morada Nova.

Não é cópia.

Usado pelos índios para curar dor de cabeça e para pedir permissão a tudo que fazem.

CHAKRAS: Coronário e Esplênico.

Samaúma ou Sumaúma (Ceiba pentranda) é uma árvore encontrada na Amazônia. É considerada sagrada para os antigos povos “maia” e os que habitam as florestas. Alguns exemplares chegam a atingir os 90 m de altura, sendo, por isso, uma das maiores árvores da flora mundial. Essa árvore consegue retirar a água das profundezas do solo amazônico e trazer não apenas para abastecer a si mesma, mas também pra repartir com outras espécies. De crescimento relativamente rápido, pode alcançar os 40 metros de altura.

Os indígenas consideram-na “a mãe” de todas as árvores. Suas raízes são chamadas de sapobemba. Estas raízes são usadas na comunicação pela floresta, que é feita através de batidas em tais estruturas.

Além disso, a árvore apresenta propriedades medicinais e é considerada pelos povos da floresta, uma árvore com poderes mágicos, protegendo inclusive as demais árvores e os habitantes da floresta.

A casca também é usada como aditivo para algumas versões da bebida enteógena Ayahuasca.

Benefícios: tratamento de dores de cabeça, diabete, diarréia, disenteria, inflamação cutânea além de ser um ótimo diurético.

Confira mais variações de rapéRapé Indígena Shanenawa de CumaruRapé Indígena Shanenawa de MulateiroRapé Indígena Huni Kuin de Murici com AyahuascaRapé Indígena Shanenawa de Palheira

O que é o rapé?

Na sociedade moderna, diversas opções de remédios foram desenvolvidas.

Além de tratamentos naturais, homeopatia, medicina alternativa e uma enorme lista de opções para tratamentos. 

Porém, por mais que a ciência tenha evoluído e descoberto várias substâncias curativas, os remédios clássicos da sabedoria de nossos ancestrais continuam sendo eficazes.

Este é o caso da medicina, INDÍGENA, ela utiliza elementos da natureza para cura e para promover melhor qualidade de vida.

O Rapé Indígena Shanenawa da Amazônia de Samauma é um tratamento natural oriundo da medicina indígena.

Ele é capaz de trazer paz, energia, espantar a preguiça e ainda auxiliar na concentração e foco daqueles que o utilizam.

O rapé geralmente é feito de tabaco e outras ervas e cinzas de árvores. Estes elementos são moídos e transformados em um pó aromático e fino.

O pó deve ser soprado pelas narinas. O uso do rapé é ancestral e esteve presente em diferentes lugares e épocas.

Mas, seu principal uso é feito pela medicina indígena e pelos caboclos da floresta, que o usam para diversos fins, sejam medicinais ou cerimoniais.

Como é usado o Rapé Indígena Shanenawa de Samauma?

É importante ressaltar que o tabaco usado na medicina indígena não é o industrializado. Mas uma planta que nunca teve contato com nenhum aditivo químico ou conservante.

Inclusive, usar o tabaco como droga recreativa é um ato condenado pelas tribos que fazem seu uso medicinal.

Portanto, o rapé é utilizado pelas tribos indígenas de forma regrada e sem fins recreativos. Trata-se de um tipo de remédio para encerrar dias de trabalho sob o sol.

A substância é capaz de regular a pressão arterial, funcionando como um forte aliado para evitar o choque térmico entre o sol quente e a água fria dos rios, em que os índios se banham.

Geralmente, o rapé é usado em duplas e deve ser administrado por pessoas que tenham experiência no uso.

A maneira como é induzido, a quantidade e até o estado de espírito da pessoa no momento da aplicação, podem fazer toda a diferença.

Apesar de não ser difícil aspirar o pó, ele costuma ser soprado através de um instrumento que é semelhante a um bambu oco, chamado de Tipi.

Em todo uso do rapé, o plano espiritual se aproxima da pessoa que inalou, abrindo as portas da percepção da mente e o deixando mais suscetível a intervenções não terrenas.

Trata-se de um convite para o mundo espiritual e sábio, que vai além dos humanos. Além de auxiliar a medicina indígena, o uso do rapé estimula a criatividade.

Além disso, ajuda a organizar pensamentos e a entrar em contato com o eu interior. É utilizado para encontrar respostas não passíveis de se ver em estado inalterado de consciência.

Informação adicional

Peso 100 g
Dimensões 25 × 20 × 10 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Cima