FORGOT YOUR DETAILS?

CREATE ACCOUNT

Óleos Ozonizados

O óleo de girassol de forma isolada já é muito conhecido por apresentar benefícios para a saúde humana, sendo uma importante fonte de gordura insaturada, conhecida como gordura boa, e vitamina E, que é um poderoso antioxidante.

Já o ozônio é um gás que contém três moléculas de oxigênio e é famoso pelo seu auxílio no tratamento de doenças infecciosas e por ajudar a melhorar a oxigenação e regeneração de tecidos corporais lesionados, como feridas.

Mas você sabe o que acontece quando esses elementos são misturados? E se o óleo ozonizado de girassol traz benefícios para a saúde?

Se a sua resposta foi negativa, acompanhe este artigo, onde te explicaremos mais sobre esse assunto!

Como é feito o óleo ozonizado de girassol

Para a produção do óleo ozonizado de girassol são necessários alguns equipamentos, mas apenas dois ingredientes, o óleo e o ozônio. O gás ozônio é incrementado na garrafa contendo o óleo de girassol através de um processo com microbolhas do gás.

Mas por que o óleo e não outro item? O óleo de girassol é um produto capaz de preservar as características do ozônio, além disso, ele produz outros elementos quando estes são combinados.

Portanto, como o óleo de girassol é composto por grande parte de gordura insaturada, que são cadeias minúsculas de carbonos que se unem por duplas ligações, com a introdução da molécula de ozônio entre as ligações ocorre uma reação química que gera outros compostos.

Então, os compostos que são gerados têm o nome de peróxidos, que ajudam na ação antimicrobiana do produto, eliminando microrganismos que podem causar danos à saúde.

Ademais, o óleo ozonizado libera oxigênio lentamente, o que em tecidos danificados é benéfico, já que possuem pouco oxigênio por conta da lesão presente, estimulando a sua regeneração, além de aumentar a ação do sistema imunológico!

Benefícios do óleo ozonizado de girassol

Os óleos ozonizados são considerados como medicinais, pois, como citado acima, possui ação antimicrobiana, combatendo bactérias, fungos e vírus, incentiva a reconstrução, cicatrização e circulação sanguínea de tecidos lesionados e aumenta a atividade do sistema imunológico, mas além desses, possuem diversos outros benefícios!

O óleo ozonizado de girassol pode ainda reduzir dores e inflamações locais, é um excelente antioxidante, estimula o crescimento de células e melhora a quantidade de oxigênio transportado pelo sangue!

E além disso, alguns estudos já apresentam o efeito benéfico do óleo em feridas de difícil cicatrização, úlceras, herpes e micoses!

Indicações de uso do óleo

É possível utilizar o produto tanto em humanos, quanto em animais.

Apesar de ser natural e possuir poucas contraindicações, normalmente o seu uso é feito de forma complementar a um tratamento convencional.

As recomendações sugerem que a sua aplicação deve ser tópica (na pele) e assim, está indicado em várias situações, veja a seguir:

  • Estrias;
  • Caspas;
  • Cicatrizes;
  • Acnes (espinhas);
  • Infecções;
  • Abscessos;
  • Micoses;
  • Cortes e feridas;
  • Assaduras, e até mesmo escaras (feridas de pessoas que passam muito tempo deitadas);
  • Hemorroidas;
  • Herpes;
  • Úlceras na pele;
  • Queimaduras;
  • Dores musculares.

Por fim, o armazenamento do óleo ozonizado de girassol pode ser feito em geladeira ou em temperatura ambiente por até um ano, sem que haja prejuízo da sua ação antimicrobiana e das demais propriedades biológicas.

Exibindo um único resultado

Cima